A magia é uma das forças que regem o balanço de poder de Almas Ancestrais, e mesmo sendo relativamente nova quando comparada a outras formas de moldar a realidade, veio a se tornar o meio mais comum para faze-lo.

Escolas de pensamento[editar | editar código-fonte]

Existem dois modos principais de manipular e observar a magia: o esotérico e o fundamentado, sendo o primeiro abstrato, de simples uso e limitado e o ultimo lógico, complexo e potente.

Esotérica[editar | editar código-fonte]

O modo esotérico de usar magia, ou a magia como poesia, é o ato de moldar o mundo a partir da crença e simbolismo, e quanto mais fortes esses elementos, mais intensa ou precisa será a magia.

Realizar magia esotérica requer ao menos um componente místico, o qual será consumido se o mesmo for de poder inferior a magia sendo realizada, e uma enorme quantidade de crença, ou seja, a habilidade de ignorar as regras do mundo e mentalizar o resultado como algo real.

Fundamentada[editar | editar código-fonte]

O modo fundamentado de usar magia, ou a magia como ciência, assume que a força mágica é uma energia como o calor que reage ao pensamento daqueles sincronizados com ela.

A utilização da magia fundamentada requer o conhecimento extenso do mundo pois, com objetivo de se obter o maior resultado, é impressionável conhecer as forças a serem mudadas com as propriedades magicas desejadas.

Obtendo magia[editar | editar código-fonte]

Todo ser que tem potencial mágico é aquele que teve seus olhos abertos para ela, algo que pode ser feito de variados modos, mas todos eles derivam de forçar algo irreal para a percepção do futuro arcanista.

O círculo de cogumelos[editar | editar código-fonte]

Um dos modos mais comuns de ativar a percepção magica é através do ritual de círculo de cogumelos, neste o individuo passa três dias sem dormir e numa noite de lua cheia consome um levemente venenoso e alucinogênico com nome chamado-do-pesadelo. O come círculo vem do preparo tradicional onde um círculo de pedras é feito, mas não é algo obrigatório.

O cogumelo tem uma propriedade mágica que permite que alucinações causem danos físicos.


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.