Francis Ovelam, um humano negro, de cabelo raspado e cavanhaque branco, com olhos caramelo, é um dos líderes da guilda Presa das Sombras. Sua história começa na cidade hoje conhecida como Brasa Ardente, ele era membro da casa Ovelam, uma das casas nobres que oferece serviço para qualquer tipo de trabalho na forja. Teve uma infância e adolescência tranquilo, sua vida era confortável, a família era dona de uma riqueza considerável. A sua vida começou a mudar no fim da adolescência, a vida dos trabalhadores nas forjas era exploratória, recebiam baixos salários e tinham uma carga horária desumana, isso começou a incomodar Francis, que com o tempo começava a participar das reuniões dos sindicatos. Ele se tornou um representante dos sindicatos nas reuniões dos nobres, levando a palavra dos trabalhadores para o conselho. Francis só não esperava que o conselho fosse tão ganancioso e imoral, eles não se preocupavam com as questões dos trabalhadores, e só estavam preocupados com o dinheiro no fim do mês. O garoto revoltado com o conselho, iniciou um movimento de revolta, destruindo máquinas e roubando as casas nobres, o dinheiro era dado para os mais pobres e os menos afortunados. O movimento começou a ganhar força até resultar em uma guerra civil dentro da cidade. A guerra terminou com uma trégua, os trabalhadores ganharam melhores condições de trabalho, bem como aumento anual do salário, em troca o líder da rebelião deveria se apresentar ao conselho. Francis se apresentou ao conselho e chocou a todos, principalmente a sua família, que em sequência o deserdou, o conselho com votos unânimes expulsou o garoto da cidade para nunca mais retornar. Assim Francis partiu em busca de novas fortuna em outras cidades, junto de alguns companheiros de rebelião que se mantiveram fiéis eles se estabeleceram na cidade costeira conhecida como Brisa da Costa.

Em brisa da costa, Francis ganhava dinheiro batendo carteiras e fazendo arrombamentos, por vezes pago por alguém, e algumas vezes por conta própria, seu trabalho começou a ganhar volume e ele logo se viu obrigado a contratar outros ladinos, juntos eles dominaram os esgotos da cidade, acumulando

riquezas roubadas da superfície. Francis e seu grupo dividem as riquezas da cidade com os mais pobres, ajudando com alimento e mantimentos. Mendigos se tornaram espiões e agora Francis conhecido como o rei dos mendigos, tem total controle da cidade, apesar dos nobres acharem que é deles. Ele também é um dos maiores investidores da Arena Voo de Pássaro, negócio que rende muito capital para Brisa da Costa.

A entrada para a guilda Presa das Sombras veio quando Francis foi procurado por Adrian e Nivvy, ambos ofereciam poder bruto em troca de influência, e assim a sociedade entre os três aconteceu. O rei dos mendigos não concorda totalmente com as escolhas dos outros membros da guilda, ele espera ser deixado em paz, podendo ajudar os pobres, mas se isso não acontecer, providências serão tomadas.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.