A Chama branca do oeste é uma cidade organizada como um conjunto de vilarejos que fica no grande pântano do ocidente. A cidade recebeu este nome devido a névoa com cheiro de enxofre que envolve toda a região. As construções do lugar são feitas de uma madeira úmida, de péssimo odor que não apresenta a segurança necessária para alguém viver nelas. Muitos lagos e pântano são presentes na região, com uma fauna e flora exótica, jacarés, lagartos e flores por vezes, venenosas.

A cidade apresenta comércio e estalagens, mas não espere uma boa recepção e nem produtos da melhor qualidade. Os habitantes sobrevivem basicamente da pesca, e da venda de peles de jacaré.

A cidade apresenta um culto a entidade morte, e todo sétimo dia, Nivyy realiza a cerimônia junto dos habitantes da cidade.

O lugar não apresenta guarda, pois a taxa de crimes no lugar é quase nula.

A cidade está oferecendo uma recompensa para o aventureiro que trouxer a cabeça do que os moradores chamam de monstro do pântano, uma criaturas que devora habitantes da região e já fez alguém aventureiros de vítima.

A chama é um lugar que poucas almas têm a coragem de se aventurar.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.